Skip to content

Hotel em Mendoza – Casa de Uco

Atualizado em: 05 maio, 2022

Busca um Hotel em Mendoza? Vem comigo que falarei disso e muito mais. Quer acompanhar essa viagem pelos stories, vai no Instagram @resucena e procura pelos destaques. Você encontrará tudo sobre minha viagem pra Mendoza, na Argentina.

Sabe aquele Hotel que já é o próprio destino? Assim é o Casa de Uco. Localizado na região do Vale do Uco, ao pé da Cordilheira dos Andes, o Hotel está em um local privilegiado. Inserido na paisagem de forma muito integrada, sua construção foi inspirada no ambiente, o telhado é baseado na topografia das montanhas e é todo circundado pelas vinícolas. Faltam palavras pra explicar, por isso deixo vocês com essa imagem.

Casa de Uco

O Casa de Uco Hotel em Mendoza, tem uma arquitetura moderna, construído em cimento com muitas paredes de vidro, presenteando os hóspedes com a vista espetacular mesmo estando dentro do quarto. O projeto de arquitetura foi realizado pelo prestigiado Estúdio Alberto Tonconogy & Associados, criadores do espírito e da marca da Casa de Uco. Nosso quarto tinha vista direto pra Cordilheira, uma vista de tirar o Fôlego!

Casa de Uco – Mendoza

O Hotel conta com 19 quartos, nós ficamos na Suíte Laguna. É maravilhosa, conta com uma ante sala, depois o local em que fica a cama e ao fundo o banheiro, a banheira tem a vista da Cordilheira, algumas tem a banheira externa. Eu que amo tomar um banho de banheira, aproveitei.

Eles também contam com 3 Villas, duas delas com 1 quarto e uma com 2 quartos, que podem acomodar até 4 adultos, com lareira, varanda, sala de estar. Simplesmente maravilhosas!

Um oizinho diretamente da piscina.

O quarto mais simples, são os ‘Cordón del Plata’ que tem a vista dos vinhedos, é uma opção um pouco menor, mas igualmente lindo, bem decorado, confortável, moderno e clean. No booking aparece como Quarto Standard. Para ver os valores e reservar dê uma olhada aqui.

O Hotel conta também com uma vinícola que produz os rótulos Casa de Uco e El Salvaje, que é um vinho orgânico. Além de um Spa, um restaurante que é aberto também a não hóspedes o Casa de Uco oferece também diversas opções de experiências.

O Vale do Uco, fica a aproximadamente 120km do aeroporto de Mendoza. Nós optamos por dividir a viagem 2 hotéis, começamos com o Casa de Uco por 4 dias e depois ficamos 2 noites no Park Hyatt na cidade de Mendoza. Fizemos a organização dos passeios de acordo com essa decisão, optando pelas vinícolas do Vale do Uco no início e finalizamos com os passeios mais perto da cidade de Mendoza. Deu muito certo essa estratégia, eu recomendo bastante para quem vai a Mendoza. Inclusive nos meus stories, que estão nos destaques lá no Insta @resucena, mostro bem como dividi os dias entre passeios, refeições e curtir o Hotel!

Como chegar em Mendoza

Para quem sai de São Paulo, a Latam conta com um vôo direto que faz toda a diferença, essa foi nossa opção quando fomos. Agora a Gol também anunciou que voltará com os vôos diretos a Mendoza. Não são todos os dias, então pesquise bem antes de definir.

São 3 horas de vôo e é muito tranquilo não ter que fazer escala em Buenos Aires, essa opção fará você ganhar um tempo precioso de viagem. Outra opção é fazer escala em Buenos Aires e passar uns dias por lá. Mas eu amei ter ficado 7 noites somente em Mendoza.

Melhor época para ir para Mendoza

É uma região que recebe turistas o ano todo. Nós estivemos em novembro e estava bem quente. É uma região que quase não chove. Em dezembro e janeiro, falaram que o calor é bem forte.

Hotel em Mendoza

Em fevereiro e março é a época da colheita, a Vindima, é uma época maravilhosa para fazer qualquer viagem enogastronômica. Eu participei de uma Vindima em Bento Gonçalves e amei. As parreiras estão carregadas, bem verdinhas, o visual é incrível.

Logo depois dessa época, você não verá verdinho como a foto que mostro acima. Pois é a época da plantação, em compensação é menos calor, e não é uma época de tão alta temporada. A partir de abril as temperaturas já ficam mais amenas, então depende mesmo da sua preferência, mas é um destino que pode ser visitado em qualquer período do ano. E em cada estação conta com uma paisagem diferente.

hotel em mendoza
Eu amei novembro que as cerejeiras estavam carregadas, e nós comemos muitas cerejas diretamente do pé. Divinas!

Regiões de Mendoza

Mendoza tem 3 regiões principais onde concentram-se as principais vinícolas, que são Maipú, Luján de Cujo e Valle de Uco. A cidade conta com mais de 1200 vinícolas, então para conhecer todas acho que vai precisar de “algumas” viagens.

Brincadeiras a parte, nem todas são abertas ao turistas, mas ainda assim são muitas que recebem os visitantes, mais de 400. E inevitavelmente você terá que fazer algumas escolhas. Eu vou contar as minhas e digo o que eu considero imperdível. Mas claro que é uma opinião particular, depende do estilo de viagem de cada um.

Eu e meu marido queríamos uma viagem tranquila, com tempo pra curtir o Hotel Casa de Uco, que é incrível. Então não fizemos várias vinícola por dia. É uma questão de estilo de viagem. Tem pessoas que fazem 3 ou até 4 vinícolas em um dia e depois ainda vão jantar. Nós optamos pelo estilo ‘slow travel’.

Passeios oferecidos pelo Hotel Casa de Uco

Vou contar um pouco dos passeios oferecidos pelo Hotel em Mendoza.

Bicicletas

O Hotel conta com bicicletas para emprestar ao hóspede durante a estadia, nós aproveitamos para pedalar pelos vinhedos. Não me canso dessa vista. E o céu azulzinho.

hotel em mendoza

Cavalgada

Um dos dias fizemos uma cavalgada, uma delícia. Cavalos maravilhosos e muitíssimo bem cuidados.

Hotel em Mendoza

Trekking na Cordilheira

Foi o passeio que mais amamos. Não estava nos planos e o Hotel nos convidou pra fazer.

Pic Nic na chegada do Trekking

Tenha sua própria Vinícola

É um serviço que o Hotel em Mendoza oferece, para quem quiser ter um pedacinho da vinícola, tem opções de 0,5 até 5 hectares de terra. Você vai poder acompanhar todo o processo de plantação, escolha e colheita do vinho e ao final terá um vinho com o seu rótulo!

E essa foi nossa estadia nesse lugar incrível. Eu amei essa viagem, já quero voltar para conhecer outras vinícolas. É uma viagem tão pertinho do Brasil, é ainda tem o atrativo do peso argentino, então não sai uma viagem tão cara. Recomendo levar dólar em cash para trocar lá. Mas também oferece opções para todos os perfis e orçamentos. Se tiver dúvidas me chama lá no Insta ou deixa aqui uma mensagem que eu respondo assim que puder.

PARCEIROS

Renata Sucena

Renata Sucena

Administradora e mãe do Gabriel de 8 anos, trabalhou por 15 anos em marketing em instituições financeiras. Buscando unir duas de suas paixões, viagens e fotografia, criou o blog Viagem em Detalhes. Acredita que viagens criam lembranças preciosas, ampliam horizontes e reforçam laços de afeto.

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

illust_bag2

Assine a nossa newsletter

e receba tudo em exclusividade :)

CONTATO

Caso seja de sua preferência nos envie um email para [email protected] e teremos o maior prazer em te responder.