Skip to content

Conheça experiências de verão na Nova Zelândia

Atualizado em: 22 jan, 2021

A Nova Zelândia possui uma vasta lista de atividades e experiências para curtir o verão. Assim como no Brasil, a o país está localizado no hemisfério sul e o verão vai de dezembro a março. Com temperaturas médias que variam de 21°C a 32°C, a estação é quente, mas não é úmida, o que estimula atividades ao ar livre, aproveitando todas as belezas naturais do local. Cruzeiros gastronômicos, passeios de caiaque e esportes em geleiras são algumas das atrações nos dias de calor da região.

Embora as viagens sejam restritas em época de pandemia, dá tempo de conhecer melhor esse destino surpreendente e ir planejando experiências inesquecíveis para vivenciar nas próximas férias. Para inspirar, o Turismo Nova Zelândia selecionou dicas que irão agradar os mais diversos perfis de visitantes.

Cruzeiro em Marlborough Sounds

O verão é a estação perfeita para fazer um cruzeiro em uma das regiões mais belas da Nova Zelândia, Marlborough Sounds (Ilha Sul). A região de vales é cheia de baías e enseadas escondidas, garantindo cenários maravilhosos. Já os passeios são elaborados para agradar os mais diversos turistas. Há opções para quem quer degustar salmão fresco e mexilhões, acompanhados dos melhores vinhos da região, para quem quer conhecer vinícolas ou observar a vida selvagem, com direito a golfinhos, focas e aves marinhas.

Trilha entre as montanhas

Os dias de verão são mais longos, portanto é a melhor época para fazer caminhadas e explorar a variedade de trilhas da Nova Zelândia. Desde pequenos trajetos em parques e reservas, há opções para todos os gostos. Cuidadosamente planejada para mostrar os melhores atributos de Fiordland (Ilha Sul), a trilha Kepler Track é cercada de montanhas, floresta nativa, cachoeiras e vales esculpidos por geleiras. O circuito completo tem 60 quilômetros e faz parte da Área de Patrimônio da Humanidade do Sudoeste da Nova Zelândia.

Mountain bike entre árvores gigantes

Para quem prefere andar de bicicleta, a floresta Whakarewarewa é uma atração imperdível, já que as trilhas estão entre às oito melhores do mundo para a prática de mountain bike. O local fica a apenas 5 minutos ao sul do centro da cidade de Rotorua (Ilha Norte), considerada o paraíso dessa prática esportiva. Whakarewarewa é conhecida pelos moradores da região como “The Redwoods”, devido às enormes sequoias-vermelhas que crescem 60 metros em direção ao céu e formam um labirinto. São 145 km de extensão e mais de 60 trilhas, com opções tanto para iniciantes quando para profissionais. Os amantes do esporte ainda podem aproveitar a passagem por Rotorua para conhecer a Rainbow Mountain e o parque Skyline Gravity, atrações perfeitas para aventuras de bike.

Caiaque no Parque Nacional Abel Tasman

Localizado no extremo norte da Ilha Sul, o Parque Nacional de Abel Tasman é um ótimo lugar para visitar no verão. Com águas calmas e cristalinas entre árvores nativas, o local é perfeito para a prática de caiaque, que não é só uma atividade esportiva, mas também uma opção para se deslocar pelo parque, explorando as perfeitas praias de areia dourada, lagoas, ilhas remotas e a abundante vida selvagem. Pássaros tui (nativos do país), pequenos pinguins-azuis e lobos-marinhos são algumas das espécies que podem ser avistadas durante o passeio.

É possível chegar ao parque via terra, água e ar por Marahau e Kaiteriteri, no sul, e Golden Bay e Totaranui, no norte. Cruzeiros, táxi aquático, canoagem, helicóptero e catamarã à vela são algumas das opções de transporte oferecidas por operadoras de turismo.

Hiking na geleira

À primeira vista pode parecer estranho uma atividade no gelo estar entre as sugestões de atração de verão. Porém, esta época do ano é justamente quando os céus ficam mais limpos e as chuvas mais escassas, proporcionando uma experiência ainda mais gostosa. A atividade pode ser feita no glaciar Franz Josef, que faz parte de uma região considerada Patrimônio da Humanidade pela Unesco. De fácil acesso, a atração fica a cinco quilômetros da cidade com o mesmo nome, na Ilha Sul.

No local há passeios guiados para quem quiser ter maior contato com a geleira, mas os visitantes também podem caminhar até os pontos de observação e aproveitar uma vista panorâmica. A experiência pode ficar ainda mais interessante com um voo de helicóptero, um dos meios de chegar até a região.

PARCEIROS

Malu Lutfi

Malu Lutfi

1 Comment


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

illust_bag2

Assine a nossa newsletter

e receba tudo em exclusividade :)

Assine a nossa newsletter

e receba tudo em exclusividade :)

CONTATO

Caso seja de sua preferência nos envie um email para [email protected] e teremos o maior prazer em te responder.